Alemanha apreende quantia recorde de cocaína em 2017

Polícia diz estar ocorrendo verdadeira "inundação" da droga. País confiscou quase sete toneladas, mais do triplo que em 2016. Aumento da produção na América do Sul estaria levando a crescimento da oferta na Europa.A polícia apreendeu neste ano na Alemanha um volume recorde de cocaína de quase sete toneladas, conforme informação divulgada nesta quarta-feira (27/12) pela imprensa alemã e confirmada pelo Departamento Federal de Investigações (BKA). A quantia equivale a mais do triplo da apreendida em 2016.

Autoridades alfandegárias de Hamburgo chegaram a classificar a cifra como uma verdadeira "inundação de cocaína".

Segundo especialistas, uma das razões para o aumento seria um aumento da produção da substância na América do Sul, que teria levado a um crescimento das importações para a Europa Ocidental e para a Alemanha.

De acordo com estatísticas internas do BKA, a que a televisão alemã NDR teve acesso, desde 2012 a quantidade de cocaína apreendida no mundo dobrou. Investigadores acreditam, por isso, que 2017 deverá quebrar o atual recorde de apreensão no mundo, que foi de 582 toneladas de cocaína em 2016.

Produtores sul-americanos de cocaína e redes de tráfico internacionais estariam inundando o mercado europeu, segundo Christian Hoppe, especialista da BKA. "Parece que os criminosos atuam seguindo o lema 'mais oferta incentiva a procura'."

O diretor da polícia alfandegária de Hamburgo, René Matschke, acredita que a cocaína vem se tornando cada vez mais uma droga do cotidiano e não é mais somente consumida pela alta sociedade.

A maior quantidade do produto entra na Europa a bordo de navios, escondida em contêineres marítimos. Os principais pontos de entrada da droga na Alemanha são, além de Rotterdam e da Antuérpia, os portos de Hamburgo e Bremerhaven.

MD/afp/dpa

______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp | App

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos