Macron apoia inclusão da baguete no Patrimônio da Humanidade

A tradicional bisnaga francesa, longa e crocante, tem tanto direito a reconhecimento pela Unesco quanto a pizza napolitana, asseguram panificadores. Presidente apoia: "A baguete é invejada pelo mundo inteiro."A cruzada dos padeiros da França por ter a baguete nacional reconhecida como bem cultural imaterial da humanidade conta com um aliado forte: o presidente Emmanuel Macron revelou-se apaixonado partidário desse pão "invejado por todo o mundo". Por isso, é favor de que a Unesco o inclua na lista dos tesouros culturais mundiais.



O político de 40 anos fez a declaração nesta sexta-feira (12/01), durante encontro com representantes da Confederação Nacional de Panificação. Confeitaria (CNPBF), no Palácio do Eliseu, em Paris.

Os padeiros lançaram a ideia depois que a Organização Educacional, Científica e Cultural das Nações Unidas outorgou status de patrimônio imaterial ao método especial de esticar a massa da pizza praticado em Nápoles, Itália.

Segundo Macron, o tradicional pão branco é "parte da vida quotidiana da França", e seu registro junto à Unesco incluiria tanto os ingredientes quanto o método de produzi-la. "Eu conheço os nossos padeiros. Eles viram o sucesso dos napolitanos em classificarem a pizza deles como patrimônio mundial, e disseram: por que não a baguete? E eles estão certos!"

Tão francesa quanto a Torre Eifel

Longa, fina e de casca crocante, a baguete é a versão francesa da bisnaga, considerada um dos símbolos mais reconhecíveis da cultura nacional, ao lado da Torre Eifel; uma "tradição matinal, do meio-dia e da noite, para os franceses", como descreveu o presidente.

"A baguete é invejada pelo mundo inteiro. Temos que preservar sua excelência e nosso know-how, e por essa razão ela deve constar da lista do patrimônio", confirmou Macron, durante o encontro com os panificadores no palácio presidencial.

O método giratório de preparação massa de pizza napolitana entrou para a lista da Unesco em dezembro de 2017, após a apresentação de uma petição com 2 milhões de assinaturas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos