Alemanha decide libertar Puigdemont sob fiança

Tribunal decide permitir que líder separatista catalão, procurado pela Justiça espanhola, aguarde processo em liberdade. Político não será extraditado por rebelião, mas corte avalia ainda denúncia de corrupção.Um tribunal do norte da Alemanha decidiu nesta quinta-feira (05/04) que o ex-chefe de governo catalão Carles Puigdemont, principal nome do movimento independentista regional, poderá aguardar em liberdade o processo sobre sua extradição para a Espanha.

Segundo determinou a corte do estado de Schleswig-Holstein, Puigdemont, cuja extradição é solicitada pela Espanha, poderá ser solto sob o pagamento de 75 mil euros. O líder separatista é procurado pelas autoridades espanholas pelos crimes de rebelião e corrupção.

Nesta quinta-feira, a corte alemã determinou que não se poderá extraditar Puigdemont pelo crime de rebelião, porque o delito comparável na legislação alemã fala também em "violência". Uma decisão sobre a acusação de corrupção ainda será tomada pelo tribunal.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos