Existe vida extraterrestre? A resposta está mais perto do que se imaginava

Graças aos telescópios de última geração, poderemos, em breve, encontrar vida em outros sistemas solares. Saiba mais sobre esse e outros destaques do Futurando.A tecnologia já permite que cientistas vasculhem grande parte do universo. Sextilhões de estrelas já foram mapeadas e suas órbitas já foram observadas. Em muitas delas existem sistemas de planetas como o nosso. Com telescópios modernos, astrônomos já encontraram cerca de 3500 exoplanetas nos últimos 20 anos. Com a ajuda de novos telescópios, cientistas poderão estudar mais detalhadamente os exoplanetas e, quem sabe, encontrar vida alienígena nos próximos anos.

Enquanto isso, na Terra, muitos discutem se os seres humanos serão capazes de colonizar outros planetas, como Marte, por exemplo. Mas quando tempo conseguimos viver fora da Terra? Veja nesta edição as experiências vividas pelos astronautas.

Mas antes de humanos viajarem pelo universo, macacos e cachorros foram mandados ao espaço. Com a ajuda deles, rapidamente ficou comprovado que dava para sobreviver em um ambiente sem gravidade. E até hoje animais ajudam na pesquisa, como é o caso da cadelinha Fine. Ela foi treinada para encontrar ouriços e ajudar no mapeamento deles na Alemanha. Confira o trabalho dessa "cientista" de quatro patas.

Hábitos ruins

Comer chocolate todos os dias é um exemplo de comportamentos que repetimos apesar de conhecermos seus malefícios. E, mesmo assim, muitas vezes não conseguimos evitar isso. Nossa equipe foi verificar por que isso acontece e como é possível se livrar desses costumes ruins.

E para acabar de vez com essas manias, a Universidade de Siegen, na Alemanha, criou dispositivos curiosos para tirar usuários da rotina. Conheça alguns deles em nossa reportagem.

Neste programa conheça os perigos da gordura no fígado. A doença hepática gordurosa não alcoólica é, geralmente, difícil de ser diagnosticada. A alimentação errada e falta de exercícios estão entre algumas das causas. Cientistas do Hospital Universitário de Mainz, na Alemanha, pesquisam como reverter os problemas gerados pela doença e frear a progressão dela. O Futurando mostra os resultados do estudo.

O programa

O Futurando traz novidades sobre ciência, meio ambiente e tecnologia e é produzido todas as semanas pela redação brasileira da Deutsche Welle, em Bonn, na Alemanha.

O programa é exibido, no Brasil, pelo Canal Futura às terças-feiras, às 22h30 com reprise às quartas 16h30, quintas, sábados e segundas; pela Rede Minas aos sábados, às 14h30, com reprise às sextas-feiras, às 13h00 e aos domingos às 17h; pela TV Brasil todas as terças, às 21h45, com reprise às quintas, às 3h15; pela TV Cultura aos domingos às 00h, com reprise todas as quartas às 22h30 ; pela TV Câmara Tupã todos os sábados às 18h, com reprise às terças-feiras, às 19h40 e pela TV Climatempo aos sábados às 9h30, com reprise às terças e aos domingos. Você também pode ver vídeos do programa no Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro.

O Futurando é transmitido ainda em Moçambique pela Rede Tim, aos sábados, às 14h30.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos