Van atropela pedestres em Toronto

Veículo avança em calçada em um cruzamento movimentado da cidade canadense. Motorista foge do local, mas é capturado pela polícia. Autoridades falam em vários feridos, e imprensa especula duas mortes.Uma van atingiu pedestres nesta segunda-feira (23/04) em um movimentado cruzamento em Toronto, no Canadá, deixando vários feridos. O motorista, que fugiu do local depois do incidente, foi detido mais tarde pela polícia, afirmaram as autoridades canadenses.

A primeira informação oficial foi de que há entre oito e dez feridos. Em entrevista à imprensa, no entanto, paramédicos afirmaram que o número estava mais perto de cinco. Mais tarde, a polícia disse no Twitter que ainda não é possível confirmar a quantidade e a gravidade das vítimas.

Uma testemunha ouvida pela agência de notícias Reuters afirmou que o incidente teria deixado ao menos dois mortos.

Também não está claro se o atropelamento foi causado em ato deliberado do motorista ou se foi um acidente de trânsito. Autoridades não divulgaram informações sobre a identidade do suspeito.

"No momento, ainda é muito cedo para dizer se houve alguma motivação. Também não podemos confirmar a extensão ou o número de feridos", disse a porta-voz da polícia Meaghan Gray.

A polícia foi chamada pouco antes das 13h30 no horário local (14h30 em Brasília) ao cruzamento das ruas Yonge Street e Finch Avenue, uma área comercial no norte da cidade. Estabelecimentos e edifícios da região foram interditados, assim como uma estação de metrô próxima.

Em entrevista à televisão canadense, uma testemunha relatou que o motorista dirigia a van em alta velocidade. "Ele avançou em cima da calçada, derrubando os pedestres um por um", disse Alex Shaker à emissora CTV News Channel.

Segundo a testemunha, o veículo teria atingido ainda uma pessoa com um carrinho de bebê. "Ele acabou de destruir a vida de muitas pessoas – qualquer uma que entrasse em seu caminho."

O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, declarou que investigações estão em curso. "Ainda estamos coletando dados e, assim que pudermos, compartilharemos mais informações com os canadenses", disse ele a repórteres. "Nossos corações estão com as pessoas afetadas."

O incidente ocorreu a cerca de 30 quilômetros do centro da cidade, onde os ministros do Exterior dos países do G7, incluindo Canadá, Estados Unidos, Reino Unido, França e Alemanha, se reuniam nesta segunda-feira. Não houve mudanças no esquema de segurança em torno do hotel onde o encontro ocorria.

EK/ap/dpa/rtr

___________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp | App | Instagram

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos