PUBLICIDADE
Topo

Trump elogia política migratória da Itália

30/07/2018 19h27

Em primeira visita oficial à Casa Branca, primeiro-ministro italiano e presidente dos EUA demonstram sintonia e trocam cumprimentos. Trump sugere que países europeus sigam exemplo de Roma.O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o primeiro-ministro da Itália, Giuseppe Conte, trocaram elogios e demonstraram sintonia, após um encontro nesta segunda-feira (30/07), em Washington.

Trump, que recebeu Conte na Casa Branca com sorriso e de braços abertos, parabenizou o primeiro-ministro pela política linha dura contra migração adotada pelo atual governo da Itália.

"É um homem que fez um trabalho formidável", afirmou Trump, em referência ao novo curso da política migratória italiana. "Sei que ele tem uma posição firme na fronteira", prosseguiu e defendeu que "muitos outros países na Europa deviam fazer o mesmo", destacou à imprensa ao lado do premiê.

Em junho, a coalizão governamental de populistas e ultradireitistas da Itália endureceu consideravelmente a política migratória, com barcos de resgate sendo enviados de volta da costa italiana. Conte defende ainda que a responsabilidade neste quesito não deve mais pesar unicamente sobre os países onde os migrantes desembarcam, como a Itália, e quer realocar refugiados em outros países do bloco.

Trump afirmou que ambos eram de fora da política, mas determinados a defender os direitos, interesses e necessidades dos cidadãos de seus países. Os dois líderes emergiram de ondas populistas. O premiê italiano lidera a coalizão formada pelos eurocéticos do Movimento do Cinco Estrelas (M5S) e os extremistas de direita do Liga.

Conte, por sua vez, afirmou que o "convite especial" de Trump foi uma honra para a Itália e expressou o desejo de se tornar um "interlocutor privilegiado" dos Estados Unidos. O premiê destacou que ele e Trump estão liderando governos "que representam mudanças" e afirmou que a Itália busca uma "abordagem inovadora" para a questão migratória.

Trump e Conte defenderam ainda uma melhor relação com a Rússia. Antes da reunião, o presidente americano afirmou que a Itália era um importante aliado na Otan e um parceiro fundamental para as forças dos EUA no Afeganistão e no Iraque.

Essa foi a primeira vez que Trump recebe Conte na Casa Branca desde que o italiano assumiu o governo em junho. O encontro aconteceu poucos dias depois do acordo de trégua alcançado entre os EUA e a União Europeia para reduzir as crescentes tensões comerciais dos últimos meses geradas após a imposição de taxas pelos Estados Unidos.

CN/lusa/ap/efe/afp

----------------

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp | App | Instagram | Newsletter