PUBLICIDADE
Topo

Modric é eleito o melhor do mundo pela Fifa

24/09/2018 17h54

Com prêmio, meio-campista croata quebra sequência de dez anos de domínio de Cristiano Ronaldo e Lionel Messi. Entre as mulheres, pela sexta vez, o troféu de melhor do mundo vai para Marta.O meio-campista croata Luka Modric, de 33 anos, foi eleito nesta segunda-feira (24/09) o melhor jogador do mundo pela Fifa. Ao ser agraciado com o prêmio The Best, o jogador do Real Madrid quebrou uma sequência de dez anos de domínio do português Cristiano Ronaldo e do argentino Lionel Messi.

Em cerimônia de gala realizada em Londres, Modric recebeu o troféu das mãos do presidente da federação internacional, Gianni Infantino. A eleição do croata foi uma surpresa para parte da imprensa e dos fãs de futebol. Ele superou Cristiano, que sequer compareceu ao evento, e o egípcio Mohamed Salah. Já Messi, pela primeira vez desde 2007, não figurou sequer entre os três finalistas.

"Foi uma temporada incrível, a melhor da minha vida", disse Modric, que ficou em segundo lugar com a seleção da Croácia na Copa da Rússia e conquistou a Liga dos Campeões em 2018 pelo Real Madrid.

"O prêmio não é só meu, é também de meus companheiros do Real Madrid e da Croácia, dos meus treinadores, e de todos os torcedores, sem os quais isso não seria possível. Também quero agradecer à minha família, porque sem o apoio dela eu não seria quem sou", acrescentou o jogador.

Modric foi escolhido também para fazer parte da Equipe do Ano, montada com votos dos jogadores e organizada em conjunto com a FIFPro. O time contou ainda com os brasileiros Daniel Alves e Marcelo como laterais.

Da Equipe do Ano fazem parte também Messi, Cristiano Ronaldo, e Kylian Mbappé no ataque, o goleiro David De Gea, os zagueiros Rapahel Varane, Sergio Ramos e os meio-campistas N'Golo Kanté e Eden Hazard.

O atacante Neymar, escolhido na temporada passada, desta vez ficou de fora. O jogador do Paris Saint-Germain era um dos 55 finalistas, assim como o zagueiro Thiago Silva e os meio-campistas Casemiro e Philippe Coutinho.

Responsável por conduzir a seleção da França ao bicampeonato mundial na Copa da Rússia, Didier Deschamps foi eleito o melhor técnico de equipes masculinas na temporada 2017-2018. O francês, de 49 anos, superou o compatriota Zinedine Zidane – ex-treinador do Real Madrid e vencedor da edição passada – e o croata Zlatko Dalic, vice-campeão mundial à frente da seleção de seu país.

Deschamps era o grande favorito depois de ter se tornado o terceiro na história a conquistar a Copa tanto como jogador quanto como técnico, repetindo o feito de Zagallo e o alemão Franz Beckenbauer.

Melhor jogadora pela sexta vez

Entre as mulheres, Marta, de 32 anos, foi eleita pela sexta vez a melhor jogadora do mundo. Essa premiação veio oito anos depois da última vez em que foi escolhida. Indicada em 14 ocasiões, a brasileira, que atualmente defende o Orlando Pride, dos Estados Unidos, superou na votação duas jogadoras do Lyon: a atacante norueguesa Ada Hegerberg e a meia alemã Dzsenifer Marozsán.

Na disputa para treinadores de equipes femininas, a França também levou a melhor com Reynald Pedros, do Lyon. Ele bateu Sarina Wiegman, técnica da seleção holandesa e agraciada em 2017, e Asako Takakura, da seleção japonesa.

CN/efe/afp/ap/rtr

----------------

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp

| App | Instagram | Newsletter