UOL Notícias Notícias
 

02/11/2004 - 21h19

Sites prevêem resultado das eleições americanas

Por Natalia Martín Cantero
São Francisco (EUA), 2 nov (EFE).- Embora poucos se atrevam a
prever o resultado das eleições presidenciais desta terça-feira nos
Estados Unidos, vários sites assumiram o risco e apontaram um
vencedor.

E, por enquanto, há previsões para todos os gostos.

São sites como o Betfair (www.betfair.com), um serviço de apostas
on-line que garante ter sido capaz de prever, um ano antes, a
vitória de Arnold Schwarzenegger nas eleições especiais para
governador da Califórnia e, mais recentemente, o resultado do último
pleito na Austrália.

Por enquanto, o Betfair aponta Bush como vencedor, da mesma forma
que o ElectionProjection.com, que prevê que os estados da Flórida e
de Ohio pesarão a balança para o lado do atual presidente.

Estes e outros sites utilizam ferramentas como linguagem de
programação Java, o software matemático Matlab e os mapas gerados
por computador para marcar os estados de vermelho (cor dos
republicanos) ou azul (democrata).

Também há páginas com tom acadêmico, como a de Sam Wang,
professor de biologia molecular da Universidade de Princeton. Em seu
endereço (election.princeton.edu), ele dá a vitória a Kerry depois
de fazer complicados cálculos e ajustes de todo tipo.

Enquanto isso, o Electoral-Vote.com, de Andrew Tanenbaum, ligado
à criação de várias linguagens de programação, dá a Kerry 306 votos
no Colégio Eleitoral e, portanto, a vitória.

As previsões de Larry Sabato, encarregado do Centro de Política
da Universidade de Virgínia, apontam um empate entre ambos os
candidatos.

Sabato aposta que Kerry ganhará na Flórida e na Pensilvânia, mas
que Bush sairá vitorioso em Nevada e Ohio, o que daria a cada
político 269 votos no colégio eleitoral.

Dentro da proliferação de sites, é preciso acrescentar as páginas
dos grandes meios de comunicação.

Destaca-se na longa lista o "Christian Science Monitor"
(www.christiansciencemonitor.com), com toneladas de informação e
mapas coloridos para consultar o que está acontecendo nos
estados-chave.

Já o site da rede de TV MSNBC apresenta um curioso mapa que, em
vez de seguir a evolução do voto, acompanha os telefonemas de
protesto que alertam sobre problemas na hora de votar. Como era de
se esperar, a Flórida está na liderança, seguida da Pensilvânia e da
Carolina do Sul.

Entre os sites dos institutos de pesquisa, o do Zogby
(www.zogby.com) aponta uma vitória de John Kerry por 311 votos a 213
no colégio eleitoral, sem contar os votos de Nevada e Colorado, que
seriam insuficientes para mudar esse panorama. No caso de ainda existir algum indeciso, o "Presidential
Guidester" (www.presidentialguidester.com) promete acabar com as
dúvidas.

Os usuários podem preencher campos com questões ligadas à
economia (como preços da gasolina, emprego e impostos), custo dos
remédios, imigração e Iraque.

De acordo com a importância dada a cada um destes assuntos - além
de outros, como a experiência de cada candidato - o sistema se
inclinará a favor de Bush, Kerry ou do independente Ralph Nader.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,13
    3,270
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,51
    63.760,94
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host