UOL Notícias Notícias
 

09/03/2006 - 11h06

Blair expressa profundas desculpas pela morte de Jean Charles

Londres, 9 mar (EFE).- O primeiro-ministro do Reino Unido, Tony Blair, expressou hoje ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva suas profundas desculpas pelo trágico incidente que matou o brasileiro Jean Charles de Menezes em Londres, baleado por agentes à paisana que o confundiram com um terrorista suicida.

"Mais uma vez, deixe-me dizer-lhe que oferecemos nossas mais profundas desculpas à família (de Jean Charles) por este trágico fato e eu, certamente, asseguro ao presidente que haverá uma investigação", disse Blair em entrevista coletiva ao lado de Lula, após uma reunião na residência oficial de Downing Street.

Por sua parte, Lula, que termina hoje uma visita de Estado ao Reino Unido, disse que a Justiça britânica averiguará o que for necessário investigar no caso da morte do eletricista brasileiro, que foi executado em 22 de julho na estação de metrô de Stockwell (sul de Londres) por agentes vestidos à paisana.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    11h49

    -0,43
    3,262
    Outras moedas
  • Bovespa

    11h57

    1,70
    62.724,57
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host