UOL Notícias Notícias
 

13/03/2006 - 11h52

Italiano faz um corte no pescoço e morre em aeroporto de Madri

Madri, 13 mar (EFE).- Um cidadão italiano de 50 anos morreu nas primeiras horas de hoje no aeroporto de Madri-Barajas após fazer um corte em seu pescoço com uma colher de café, segundo informaram à EFE fontes aeroportuárias.

As fontes indicaram que os trabalhadores de uma cafeteria "perceberam que havia um homem caído no chão com um corte no pescoço do qual saía muito sangue, por isso chamaram o serviço de emergência".

Quando o serviço médico chegou ao edifício do terminal 4 de Barajas, o passageiro já tinha morrido, por isso o cadáver tinha sido coberto. A área foi cercada até a retirada do corpo.

"Ao lado do corpo havia uma colher de café cortada pela metade, com a qual, supomos, que fez o corte", disseram os empregados da cafeteria, que socorreram o italiano. Fontes da Guarda Civil indicaram à EFE que "tudo aponta que se trata de um suicídio, mas é preciso esperar o relatório forense para determinar as causas da morte desta pessoa".

Além disso, fontes aeroportuárias comentaram que o morto se encontrava no aeroporto de Barajas desde, pelo menos, a tarde de sábado passado.

Naquele dia, o homem embarcou em um vôo da companhia aérea espanhola Iberia para Tel Aviv, mas, uma vez dentro do avião e com sinais de "certo nervosismo", disse que queria abandonar o aparelho e o fez.

Vários trabalhadores de diferentes estabelecimentos do aeroporto comentaram que durante todo o domingo viram o italiano percorrendo os corredores "com uma atitude normal", mas que se fixaram nele por sua reiterada presença.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,40
    3,279
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,95
    63.257,36
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host