UOL Notícias Notícias
 

15/03/2006 - 18h18

França diz que novo CDH reforçará "credibilidade" da ONU

Paris, 15 mar (EFE).- O novo Conselho de Direitos Humanos da ONU (CDH) permitirá reforçar a "legitimidade" e "credibilidade" das Nações Unidas no que diz respeito a este assunto, destacou hoje o ministro de Assuntos Exteriores francês, Philippe Douste-Blazy.

Este novo Conselho, fruto de uma "importante e ambiciosa reforma", permite "reforçar a legitimidade, eficácia e credibilidade das Nações Unidas em matéria de proteção internacional e de defesa dos direitos humanos", disse o ministro.

"A França quer congratular a mobilização de todos aqueles que apoiaram e acompanharam esta ação nos meses passados", acrescentou o chanceler francês em comunicado.

Douste-Blazy disse que a medida é "uma etapa importante na reforma da organização das Nações Unidas, a fim de que a entidade possa exercer plenamente suas responsabilidades".

A Assembléia das Nações Unidas adotou a criação do CDH com 170 votos a favor e quatro contra (EUA, Israel, Palau e Ilhas Marshall) e três abstenções (Belarus, Venezuela e Irã).

O novo órgão substituirá a criticada Comissão de Direitos Humanos a partir de 19 de junho, terá sua sede em Genebra e se reunirá três vezes ao ano durante pelo menos dez semanas.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host