UOL Notícias Notícias
 

15/03/2006 - 18h54

Governo do Equador teme que indígenas desestabilizem democracia

Quito, 15 mar (EFE).- O Governo do Equador expressou hoje seu temor de que as mobilizações realizadas por indígenas em protesto pelo Tratado de Livre-comércio (TLC) com os EUA e pela saída da companhia petrolífera americana Occidental (Oxy) tenham o objetivo de desestabilizar a democracia no país.

"Os pedidos da Confederação de Nacionalidades indígenas do Equador (Conaie), de retirar os negociadores do acordo comercial e de expulsar a empresa Oxy, não podem ser atendidos e, portanto, parece que se deseja uma desestabilização da democracia", afirmou hoje o secretário de Comunicação da Presidência, Enrique Proaño.

Proaño disse durante uma entrevista coletiva que o Governo não atenderá os pedidos da Conaie, que exige a retirada da equipe equatoriana que negocia o Tratado de Livre-comércio com os EUA, cuja rodada final deve acontecer em Washington a partir do 23 de março.

O Governo também não aceita o pedido dos manifestantes de expulsar a Oxy, empresa acusada pela Procuradoria do Estado de violar o contrato de exploração de petróleo na Amazônia equatoriana.

O porta-voz governamental disse que o presidente da República, Alfredo Palacio, conversou hoje com os chefes do Parlamento, Wilfrido Lucero, e da Corte Suprema de Justiça, Jorge Velasco, sobre a situação do país em meio aos protestos indígenas.

O encontro "teve como objetivo deixar Lucero e Velasco a par da situação do país e da ameaça à democrática do Equador".

Os indígenas deram início a protestos na segunda-feira na zona andina do país, movimentos que chegaram também a regiões amazônicas e que levaram no fechamento de estradas em 10 das 22 províncias do Equador.

Os bloqueios nas estradas provocaram desabastecimento de alguns produtos, especialmente de alimentos frescos.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h40

    -0,68
    3,151
    Outras moedas
  • Bovespa

    16h43

    0,45
    68.664,91
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host