UOL Notícias Notícias
 

21/03/2006 - 11h35

EUA prometem ajuda de US$ 300 milhões ao Paquistão

Islamabad, 21 mar (EFE).- A ajuda dos Estados Unidos para reconstruir as áreas devastadas pelo terremoto de 8 de outubro do ano passado no Paquistão se estenderá durante vários anos e chegará a US$ 300 milhões, afirmaram hoje fontes diplomáticas.

O embaixador dos EUA em Islamabad, Ryan C. Crocker, concedeu hoje uma entrevista coletiva com líderes das Forças Armadas dos dois países: o chefe dos esforços de recuperação no Paquistão, general Farooq Ahmed; e o comandante do Centro de Assistência para Desastres, almirante Michael LeFever.

Crocker qualificou de "incrível e bem-sucedida" a cooperação bilateral para fazer frente a um terremoto que causou quase 90 mil mortos.

"Reservamos US$ 200 milhões durante vários anos para reconstruir (a área afetada) e, como diz o presidente (paquistanês, general Pervez) Musharraf, reconstruí-la melhor", indicou.

O Governo americano coordenará, juntamente com a Autoridade paquistanesa de Reconstrução e Reabilitação para o Terremoto (ERRA), a avaliação das necessidades futuras.

O embaixador americano afirmou ainda que a assistência americana corresponde agora à segunda fase da reconstrução.

Crocker acrescentou que durante esta etapa serão utilizados, além dos recursos garantidos por Washington, outros US$ 100 milhões oferecidos pelo setor privado americano.

"A colaboração para a reconstrução continuará durante os próximos anos, como resultado de nossa associação estratégica", disse Crocker.

O Exército americano, por sua parte, anunciou sua retirada das áreas afetadas pelo terremoto com a conclusão de sua operação de ajuda no terreno, em 31 de março.

O general Peter Pace, chefe do Estado-Maior Conjunto dos EUA, afirmou hoje que o comando americano também retirará seus helicópteros que participavam dessa missão, cujo número já tinha sido reduzido de 24 para 8. Ele acrescentou que os aparelhos poderão ser utilizados novamente caso haja necessidade.

Quase 90 mil pessoas morreram no terremoto de outubro passado, que atingiu principalmente a região da Caxemira sob controle do Paquistão, enquanto quase três milhões de pessoas ficaram sem lar.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,71
    3,168
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,12
    68.634,65
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host