UOL Notícias Notícias
 

29/03/2006 - 14h00

Humala cresce nas pesquisas para eleição presidencial no Peru

Lima, 29 mar (EFE).- O candidato a presidente do Peru Ollanta Humala está em alta nas pesquisas de intenções de voto, com 34%, enquanto sua adversária mais próxima, Lourdes Flores, caiu para 27,7%, de acordo com uma nova sondagem divulgada hoje.

O candidato nacionalista lidera a preferência do eleitorado na pesquisa da empresa Conecta Asociados, publicada e financiada pelo jornal "Peru 21", que indicou sete pontos de vantagem sobre a candidata conservadora da União Nacional.

Humala, ex-comandante do Exército, passou de 23% em fevereiro para 34% dos votos válidos (que excluem os brancos e nulos) em março, segundo a evolução das intenções de voto medidas pela Conecta.

Já Flores caiu de 35% no mês passado para 27,7% em março.

O diretor da Conecta, Hernán Chaparro, declarou ao jornal que só um fato de "grande peso emocional e afetivo contra Ollanta" pode reverter sua alta.

A pesquisa da Conecta foi feita depois das polêmicas declarações dos pais de Humala pedindo anistia para os líderes terroristas presos e fuzilamento para os homossexuais.

O ex-presidente Alan García (1985-1990) manteve seu percentual de 20,6% das intenções de voto.

A parlamentar Martha Chávez, preferida dos simpatizantes do ex-governante Alberto Fujimori, aparece com 5,7%. Já o ex-presidente de transição (2000-2001) Valentín Paniagua está com 4,4% das intenções de voto.

De acordo com a pesquisa, em um provável segundo turno, Flores venceria Humala por uma pequena margem, com 41% contra 39% do candidato da União pelo Peru.

García, líder do Partido Aprista Peruano, perderia o segundo turno se disputasse contra Flores ou contra Humala.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host