UOL Notícias Notícias
 

05/04/2006 - 15h35

Governador turco acusa os EUA de apoiarem o ilegalizado PKK

Ancara, 5 abr (EFE).- O governador da província turca de Elazig, Muammer Musmal, acusou hoje o Governo dos Estados Unidos de apoiar o ilegalizado Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), informou a agência turca de notícias "Anatólia".

"A organização terrorista (PKK) está hoje, infelizmente, em uma posição de um grupo que recebe sério apoio dos EUA", disse o responsável de Elazig, que fica no leste da Turquia. Musmal não deu mais detalhes sobre a acusação.

A breve declaração do governador turco acontece poucas horas depois da morte de cinco soldados turcos em uma emboscada feita pelos combatentes do PKK na província de Sirnak, sudeste do país.

Os confrontos continuavam na mesma região, para onde havia sido enviado reforço militar, segundo o canal "CNN Turquia".

Horas depois, o governante Partido da Justiça e Desenvolvimento (AKP) sofreu um atentado com bomba em uma de suas sedes em Istambul, que deixou dois feridos.

O ataque contra o AKP acontece em meio a uma semana turbulenta de distúrbios e violência protagonizada por rebeldes curdos e seus simpatizantes, mas até o momento nenhum grupo assumiu a autoria do atentado.

As províncias de maioria curda do sudeste da Turquia são palco há duas semanas de violentas manifestações, que causaram a morte de pelo menos quinze pessoas, várias delas menores.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host