UOL Notícias Notícias
 

09/04/2006 - 14h55

Pesquisa confirma vitória da oposição na Hungria

Budapeste, 9 abr (EFE).- A oposição conservadora da aliança Fidesz parece ter ganho hoje o primeiro turno das eleições parlamentares na Hungria, com 45% dos votos, ao passo que o governista Partido Socialista (MSZP) recebeu 43% do apoio do eleitorado, segundo uma pesquisa de boca de urna do instituto de Tarki.

Apesar da aparente derrota, os socialistas podem permanecer no poder, já que seus sócios de coalizão, os liberais da Aliança de Democratas Livres, receveram 6% dos votos.

O atual primeiro-ministro, o socialista Ferenc Gyurcsány, poderia se transformar assim no primeiro chefe de Governo húngaro a ser reeleito.

O conservador Fórum Democrático, segundo o instituto Tarki, pode não ter recebido os 5% necessários para obter representação na Assembléia Nacional.

A pesquisa do Tarki se baseou nas respostas de cerca de 5.200 eleitores de 24 circunscrições em diferentes partes do país.

Tamas Kolosi, presidente da empresa de consultoria, explicou em entrevista a uma emissora de televisão que, além desta pesquisa, o instituto realizou outra na Internet, onde os resultados mostraram uma vantagem dos socialistas de dois pontos.

O Escritório Nacional de Eleições (OVI) já informou que o primeiro turno das eleições foi válido, uma vez que a participação dos eleitores foi superior a 50%.

Os analistas políticos húngaros lembraram hoje que há quatro anos as primeiras pesquisas boca-de-urna erraram nos dois turnos.

As autoridades eleitorais publicarão os primeiros dados parciais do pleito às 20h (15h de Brasília). Os resultados finais preliminares são esperados para as 23h (18h de Brasília).

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host