UOL Notícias Notícias
 

13/04/2006 - 10h30

Irã afirma que "leva a sério" conversas com diretor da AIEA

Teerã, 13 abr (EFE).- O Irã afirmou hoje que está "levando a sério" as conversas que o diretor da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Mohamed El Baradei, mantém com os líderes deste país, sobre o polêmico programa nuclear iraniano.

Esta postura foi expressada pelo diretor da Organização de Energia Atômica do Irã, Gholam Reza Aghazadeh, após uma reunião com El Baradei, que chegou hoje a Teerã em uma tentativa de convencer as autoridades iranianas a suspender o enriquecimento de urânio e retomar as negociações com a comunidade internacional.

Aghazadeh, citado pela televisão estatal, disse que falou com El Baradei sobre o relatório que apresentará ao Conselho de Governadores da AIEA, e que também "transmitimos nossos pontos de vista sobre a atuação" do órgão nuclear internacional.

El Baradei reiterou que espera que sua visita ao Irã "tenha resultados construtivos", e que os iranianos voltem às negociações para encontrar uma solução negociada para a polêmica.

O diretor da AIEA deve se reunir esta tarde com o secretário-geral do Conselho de Segurança Nacional (CSN) iraniano, Ali Larijani, que também é o principal negociador de seu país no caso nuclear.

El Baradei iniciou sua visita ao Irã dois dias depois de o presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, anunciar que seu país conseguiu enriquecer urânio.

Hoje mesmo, Ahmadinejad reiterou que o Irã não recuará em seu plano nuclear, e considerou "inegociável" o direito dos iranianos de ter tecnologia atômica que, segundo Teerã, será utilizada para gerar energia elétrica.

O próprio Aghazadeh declarou, antes de se reunir com El Baradei, que o Irã planeja instalar 3.000 centrífugas até março de 2007.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host