UOL Notícias Notícias
 

17/04/2006 - 14h21

Ministro diz que Irã não tem alternativa à energia nuclear

Teerã, 17 abr (EFE).- O ministro da Energia do Irã, Parviz Fattah, disse hoje que seu país não tem outra alternativa a não ser o uso de energia nuclear para satisfazer suas futuras demandas de energia elétrica, informou a agência "Irna".

A autoridade iraniana lembrou que todas as centrais geradoras de energia elétrica de seu país funcionam atualmente com combustíveis clássicos, como o gás e os derivados do petróleo, mas explicou que as centrais não serão suficientes para cobrir a demanda futura de eletricidade.

"Não teremos limitações na produção de combustível nuclear em nosso país e a tarefa será realizada sob a supervisão da Organização de Energia Nuclear do Irã", explicou Fattah.

O ministro lembrou que existem "obstáculos" à exploração e transporte de combustíveis fósseis pelo país.

"Somos obrigados a gerar eletricidade, e essa é a razão pela qual devemos utilizar a energia nuclear", ressaltou o ministro, que afirmou, sem dar mais detalhes, que as usinas nucleares iranianas estarão prontas "nos próximos anos".

O regime iraniano enfrenta os Estados Unidos e a União Européia por seu programa nuclear, já que apesar de Teerã insistir que tem objetivos pacíficos, a comunidade internacional mostrou seu cada vez maior temor de que a República Islâmica se desvie para propósitos militares.

Na semana passada, o presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, anunciou que seu país conseguiu enriquecer urânio em pequena escala e defendeu novamente as atividades nucleares iranianas.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,40
    3,279
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,95
    63.257,36
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host