UOL Notícias Notícias
 

18/04/2006 - 12h28

França espera que Egito ajude a mudar a postura do Hamas

Paris, 18 abr (EFE).- O presidente francês, Jacques Chirac, que inicia nesta quarta-feira uma visita oficial de dois dias ao Egito, espera que seu colega, Hosni Mubarak, convença o Movimento de Resistência Islâmica (Hamas) a mudar sua posição, informou hoje o porta-voz do Palácio do Eliseu.

A França está convencida de que "o Egito tem um papel particular para convencer o Hamas a mudar suas posições", renunciar à violência e reconhecer Israel e os acordos de Oslo e os demais, como pede a comunidade internacional para retomar as negociações de paz, afirmou o porta-voz Jerome Bonnafont.

Durante a reunião, Mubarak e Chirac também devem conversar sobre a decisão do Irã de contribuir com o Governo palestino formado pelo Hamas, por causa da suspensão da ajuda financeira direta da União Européia e dos EUA à Autoridade Nacional Palestina.

A polêmica sobre o programa nuclear iraniano também deve ser abordada pelos presidentes.

"Esperamos que o Irã saiba entender a mensagem da comunidade internacional, suspenda suas atividades de enriquecimento (de urânio) e retome o caminho do respeito às suas obrigações", destacou o porta-voz da Presidência francesa.

Esta será a sétima visita de Chirac ao Egito, na qual estará acompanhado por três ministros, 19 empresários e membros do mundo acadêmico e cultural.

Durante a visita serão inaugurados a Universidade Francesa do Egito, que já funciona desde 2002, e o Conselho Presidencial franco-egípcio, integrado por 20 empresas de cada um dos países.

A comitiva de Chirac também deve analisar o projeto de construção da linha 3 do metrô do Cairo e de um satélite de observação, assunto do interesse de empresas francesas, e podem ser assinados acordos bilaterais sobre a implantação da Agência Francesa de Desenvolvimento e a conversão de dívida.

O ministro de Assuntos Exteriores da França, Philippe Douste-Blazy, viajará a Sharm el-Sheikh para colocar uma coroa de flores no memorial provisório em lembrança das vítimas do acidente com o Boeing da companhia egípcia Flash Airlines que caiu no Mar Vermelho em 2004, matando 148 pessoas, entre elas 135 franceses.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h30

    -1,27
    3,141
    Outras moedas
  • Bovespa

    16h31

    0,74
    70.528,97
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host