UOL Notícias Notícias
 

22/04/2006 - 17h48

Abbas: provas de contrabando de armas do Hamas são "perigosas"

Amã, 22 abr (EFE).- O presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, qualificou hoje de "incríveis e perigosas" as provas mostradas pelo Governo jordaniano sobre o suposto contrabando de armas realizado por ativistas do Hamas.

"Tudo o que escutei é incrível e perigoso", assegurou Abbas à imprensa após uma reunião com o primeiro-ministro jordaniano, Maruf Bajit.

Bajit, que evitou entrar em detalhes, afirmou que as duas partes decidiram enviar uma "delegação política e de segurança da ANP" à Jordânia para discutir o assunto minuciosamente.

"A equipe terá membros do Governo", atualmente dirigido pelo movimento islâmico Hamas, segundo um comunicado oficial.

O Governo jordaniano declarou na terça-feira que tinha descoberto planos de membros do Hamas para introduzir ilegalmente mísseis, explosivos e armas na Jordânia.

Bajit disse um dia depois a vários deputados islâmicos que as armas eram provenientes da Síria.

As autoridades jordanianas tomaram este incidente como pretexto para adiar indefinidamente a visita do ministro de Exteriores palestino, Mahmoud Zahar, membro do Hamas, que visitaria o país na quarta-feira.

Abbas se reuniu hoje em Amã com o ministro de Exteriores espanhol, Miguel Ángel Moratinos, e deve se dirigir à Turquia como parte de uma viagem que também o levará a Luxemburgo e à França.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,13
    3,270
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,51
    63.760,94
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host