UOL Notícias Notícias
 

24/04/2006 - 20h05

Pílula emagrecedora mata uma pessoa e deixa duas em estado grave

Paris, 24 abr (EFE).- Uma pessoa morreu e outras duas foram internadas em estado grave em conseqüência, em princípio, da ingestão de pílulas para emagrecimento à base de extrato da tireóide, preparadas numa farmácia parisiense, informou hoje o Ministério da Saúde.

Na quarta-feira, as autoridades alertaram para os riscos da ingestão das pastilhas. Entre outras substâncias, elas contêm extratos de glândula da tireóide suína e um ingrediente que não consta da fórmula prescrita, que está sendo investigado.

Das 48 pessoas identificadas por enquanto como potenciais vítimas do remédio, 15 foram hospitalizadas.

Oito delas melhoraram "sensivelmente" e três se encontram em "estado satisfatório", disse o Ministério.

O departamento de Saúde determinou "uma profunda investigação sobre a utilização de preparações magistrais (medicamentos manipulados a partir da fórmula da receita médica) nos tratamentos de emagrecimento na França". As autoridades prometem tomar medidas o mais rápido possível contra os tratamentos com extratos de tireóide e sua prescrição.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,21
    3,129
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h35

    0,04
    76.004,15
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host