UOL Notícias Notícias
 

24/04/2006 - 03h29

Refugiados foragidos das Ilhas Salomão começam a chegar à China

Pequim, 24 abr (EFE).- O primeiro grupo de cidadãos chineses evacuados das Ilhas Salomão chegou à cidade chinesa de Cantão, exaustos, mas felizes por terem sobrevivido a dias de saques e ataques em Honiara, informou hoje a agência estatal Xinhua.

Os primeiros a chegar, um grupo de 13 pessoas em sua maioria crianças e mulheres, serão seguidos em breve de um grande contingente de refugiados, já que um avião charter fretado pelo Governo chinês partiu esta manhã de Cantão para acelerar a repatriação.

O avião saiu em direção a Papua Nova Guiné, onde se refugiaram centenas de cidadãos "de nacionalidade ou origem chinesa" nos últimos dias, por causa dos distúrbios e saques nas vizinhas Ilhas Salomão.

Como a China e as Ilhas Salomão não têm relações diplomáticas, os refugiados se transferem primeiro a Papua, graças ao apoio das tropas australianas e aos aviões fretados pela embaixada chinesa na ilha vizinha.

Desse modo, o Governo chinês conseguiu evacuar 249 pessoas durante as últimas 24 horas, que agora esperam a hora de poder voar para a China, acrescentou a fonte.

"A situação nas ilhas é muito ruim. Agradecemos ao Governo que tenha nos ajudado a retornar", declarou Tian Huiying, um dos primeiros a voltar.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host