UOL Notícias Notícias
 

27/04/2006 - 13h59

União Européia condena ataque a comboio italiano no Iraque

Bruxelas, 27 abr (EFE).- A União Européia condenou hoje o ataque contra um comboio militar italiano que deixou quatro mortos, três italianos e um romeno, em Nassiriya, sul do Iraque, e pediu que os partidos iraquianos cheguem rápido a acordo para um Governo de união nacional.

"Condeno firmemente o ataque com bomba desta manhã em Nassiriya", afirmou o alto representante para a Política Externa e de Segurança Comum da União Européia, Javier Solana, em comunicado, no qual também manifestou sua solidariedade aos Governos de Roma e Bucareste.

A porta-voz de Assuntos Exteriores da Comissão Européia, Emma Udwin, condenou o "atroz ataque" e lamentou a perda de vidas que causou.

Udwin lembrou hoje que houve no Iraque outros ataques e atentados - como o assassinato da irmã do recém-eleito vice-presidente, o sunita Tareq ao Hashemi, e um de suas guarda-costas - e pediu que os partidos iraquianos cheguem "em breve" a um Governo de união nacional "que possa trazer mais estabilidade ao país".

O ataque aconteceu apenas quinze dias após as eleições que deram a vitória ao líder da centro-esquerda Romano Prodi, que durante a campanha eleitoral prometeu que retiraria "o mais rápido possível" as tropas do Iraque, embora não tenha estabelecido uma data, e precisou que seria em consenso com o Governo de Bagdá.

Com as vítimas de hoje, 30 militares italianos morreram no Iraque, enquanto a Romênia, país que deve entrar na União Européia no próximo ano, perdeu outros dois.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host