UOL Notícias Notícias
 

28/04/2006 - 21h52

Comentarista de extrema-direita é detido por uso de drogas nos EUA

Washington (EFE) - O comentarista ultraconservador Rush
Limbaugh foi libertado após ser detido brevemente hoje por tentar
adquirir medicamentos de forma indevida, segundo informações
oficiais.

Limbaugh, um ex-comentarista esportivo considerado representante
da ultra-direita americana, tinha se entregado às autoridades de
West Palm Beach (Flórida) que ordenaram sua detenção por tentar
conseguir um remédio de forma ilegal.

Segundo seu advogado, Limbaugh se declarou inocente e foi posto
em liberdade após o pagamento de uma fiança de US$ 3.000 e um acordo
que estabelece que srãoe retiradas as acusações em 18 meses se fizer
um tratamento contra a dependência.

"O senhor Limbaugh e eu afirmamos desde o começo que não houve
intenção de conseguir esses remédios e mantemos essa posição",
afirmou o advogado.

Limbaugh supostamente tentou conseguir os fármacos que só são
vendidos com receita médica e, para isso, foi a vários médicos.

O comentarista, que já foi acusado de racismo, foi objeto de uma
investigação há dois anos como resultado de uma denúncia na qual a
empregada de sua casa afirmou que ele a utilizou para comprar
analgésicos ilegalmente.

Limbaugh admitiu que se tornou viciado em remédios que usou para
aliviar dores nas costas.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host