UOL Notícias Notícias
 

28/04/2006 - 11h07

Falta quorum para eleger presidente da Câmara italiana

Roma, 28 abr (EFE).- A Câmara dos Deputados italiana não alcançou hoje, na primeira votação, o quorum necessário para escolher seu presidente, depois de o único candidato, o comunista Fausto Bertinotti, obter 305 votos, abaixo dos 420 necessários.

Depois do anúncio deste resultado, iniciou-se uma segunda votação na qual Bertinotti, candidato da aliança de centro-esquerda União, precisaria também do respaldo de dois terços da Câmara.

Se essa percentagem não fosse alcançada, haveria uma nova votação. A partir da quarta rodada - que ocorreria amanhã - a eleição pode ser realizada por maioria absoluta.

Assim, a designação de Bertinotti está praticamente assegurada, uma vez que a União controla 347 das 630 cadeiras.

A Casa das Liberdades, a coalizão conservadora de Silvio Berlusconi, não apresentou nenhum candidato.

A falta de quorum na Câmara dos Deputados aconteceu pouco após o anúncio de que o Senado também não tinha conseguido a maioria necessária para escolher um presidente, cargo pelo qual competem Franco Marini, candidato da União, e o ex-primeiro-ministro Giulio Andreotti, da Casa das Liberdades.

O resultado da votação na Câmara Alta servirá para mostrar o grau de respaldo à União nesta Casa, onde a aliança de Romano Prodi tem 158 senadores e a coalizão de Berlusconi, 156.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    12h39

    1,58
    3,309
    Outras moedas
  • Bovespa

    12h49

    -2,27
    61.218,17
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host