UOL Notícias Notícias
 

07/05/2006 - 05h14

Polícia detém 14 radicais israelenses após confrontos em Hebron

(atualiza número de detidos e de feridos)

Jerusalém, 7 mai (EFE).- Os oficiais da Polícia fronteiriça que hoje evacuaram três famílias de colonos judeus de um edifício palestino ocupado em Hebron detiveram 14 militantes extremistas que tentaram impedir a ação, informou a rádio pública israelense.

Sete mulheres estão entre os detidos, que faziam parte de um grupo de 35 a 40 jovens que, após o despejo das famílias, se entrincheirou em dois quartos do edifício, acrescentou a fonte.

Desde ontem à noite, quando os incidentes tiveram início e foram provocados por dezenas de extremistas que se concentraram nos arredores do local para impedir a ação de despejo, ao menos 19 pessoas ficaram feridas: 13 agentes, cinco extremistas e um soldado israelense, que sofreu lesões em um dos olhos.

Forças do Exército israelense, responsáveis pela segurança nessa área da cidade, taparam com blocos de construção a entrada e as janelas do edifício ocupado pelas famílias havia cerca de um mês.

As autoridades militares pediram a representantes do município palestino que zelem pelo edifício, para que o mesmo não volte a ser ocupado.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,31
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,60
    62.662,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host