UOL Notícias Notícias
 

10/05/2006 - 21h45

Garotinho é internado após 10 dias de greve de fome

Rio de Janeiro, 10 mai (EFE). - O pré-candidato do PMDB à presidência Anthony Garotinho foi internado hoje em um hospital no Rio de Janeiro por problemas de saúde após 10 dias de greve de fome em protesto por uma suposta campanha contra sua candidatura.

O ex-governador do Rio de Janeiro foi levado em uma ambulância para o hospital Quinta D'Or, em São Cristóvão, zona norte da capital, depois de comparecer a um ato público no qual militantes do PMDB tentaram em vão fazê-lo desistir de seu protesto.

O médico Abdu Neme disse que Garotinho, que perdeu mais de seis quilos desde 30 de abril, corre risco de vida caso mantenha sua atitude. O político foi submetido a exames de sangue e urina, entre outros, e recebeu soro para combater a desidratação, que inclusive teria sido a causa de seu desmaio durante a manifestação de hoje.

Garotinho se declarou em greve de fome em protesto pela "perseguição" e pela "campanha infame" que, segundo ele, a imprensa promove contra ele.

O político, ao lado de sua esposa, a governadora do RIo, Rosinha Matheus, garantiu que comparecerá no sábado à convenção do PMDB, que decidirá se irá às eleições com candidato próprio ou se buscará outras alianças.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h15

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host