UOL Notícias Notícias
 

11/05/2006 - 14h36

Líderes do Senado dos EUA retomam debate sobre imigração

Washington, 11 mai (EFE).- Os principais líderes do Senado dos Estados Unidos, tanto do Partido Republicano como do Democrata, chegaram hoje a um acordo para retomar o debate sobre a reforma migratória em seu país.

O acordo foi alcançado entre o líder da maioria republicana, Bill Frist, e o líder da minoria democrata, Harry Reid, anunciaram fontes legislativas.

Os senadores retomarão o debate sobre um plano que pode permitir a legalização de boa parte dos imigrantes ilegais que vivem nos Estados Unidos através de um programa de trabalhadores temporários.

A idéia dos defensores do acordo é levar o plano de reforma à votação antes de terminar maio.

Qualquer projeto de lei que for aprovado no Senado tem que ser homologado com o que a Câmara dos Representantes aprovou em dezembro passado.

O anúncio do acordo coincidiu com o aumento das pressões no Legislativo para reformar o sistema de imigração nos Estados Unidos.

O senador democrata Edward Kennedy, um dos promotores da reforma migratória, considerou o acordo de hoje "um passo fundamental em nossa luta a favor de uma reforma dura, mas justa".

Kennedy acrescentou que os líderes religiosos, empresariais, sindicais e a opinião pública em geral apóiam um plano bipartidário que fortaleça a segurança na fronteira, abra uma via para a legalização e eventual cidadania de alguns imigrantes ilegais e estabeleça um programa de trabalhadores temporários.

"É hora de corrigir nosso maltratado sistema de uma vez por todas, e estou otimista de que poderemos conseguir", disse Kennedy em comunicado.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    09h49

    -0,28
    3,267
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,54
    61.673,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host