UOL Notícias Notícias
 

19/05/2006 - 11h20

Diplomata árabe é libertado no Iraque após três dias de seqüestro

Cairo, 19 mai (EFE).- O diplomata dos Emirados Árabes Naji Al Nuaimi foi libertado hoje após ter sido seqüestrado na terça-feira em Bagdá, informaram seus familiares à rede saudita "Al Arabiya".

As fontes asseguraram que Al Nuaimi foi libertado hoje em Bagdá antes do término do prazo imposto por seus seqüestradores, que terminava hoje à tarde.

"Fomos informados de que nosso irmão foi libertado hoje, mas ainda não temos informações concretas sobre a confirmação", disse Muhamad Nuaimi, irmão do seqüestrado. Um grupo radical iraquiano identificado como Al Lewa al Islam (O estandarte do Islã) divulgou na quinta-feira um vídeo na rede de televisão catariana "Al Jazira" que mostrava o diplomata árabe.

Na gravação, a organização disse que libertaria Naji Al Nuaimi após o fechamento da embaixada dos Emirados Árabes Unidos em Bagdá. Os seqüestradores também exigiam o fechamento da cadeia de notícias iraquiana "Faiha", captada em Dubai. O grupo acusa a cadeia de emitir programas contra a resistência e os árabes sunitas.

Em 2005, dois diplomatas da Argélia, dois do Marrocos e um do Egito foram seqüestrados e assassinados por seus seqüestradores, que exigiam a suspensão das relações diplomáticas e econômicas desses países com o Governo iraquiano.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,13
    3,270
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,51
    63.760,94
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host