UOL Notícias Notícias
 

24/05/2006 - 23h44

Fidel Castro exige da "Forbes" um pedido de desculpas público

Havana, 24 mai (EFE).- O líder cubano, Fidel Castro, voltou hoje a atacar o editor da revista "Forbes", Steve Forbes, e exigiu um pedido de desculpas público por sua inclusão na lista dos governantes mais ricos do mundo.

"Eles têm que responder, pedir desculpas e dar explicações à opinião pública mundial", disse Castro durante um programa especial da televisão cubana.

No dia 15, ele já havia exigido que o editor da "Forbes" e a Washington apresentassem provas da existência de sua suposta fortuna. Se conseguissem, afirmou, estava disposto a renunciar a seu cargo.

"Eles estão obrigados a responder e não podem ficar calados. É um beco sem saída", afirmou hoje Castro.

"Não há provas", concordou o presidente do Banco Central cubano, Francisco Soberón, que denunciou as "grotescas mentiras" da revista.

"É uma mentira tão grosseira e tão ridícula que foi fácil transformá-la em pó", comentou.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h00

    -0,34
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h08

    0,42
    61.933,98
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host