UOL Notícias Notícias
 

25/05/2006 - 17h07

Berlusconi reafirma que apuração mostrará que pleito foi "falso"

Roma, 25 mai (EFE).- O líder do bloco de oposição ao Governo na Itália, Silvio Berlusconi, insistiu hoje no fato de que houve "anomalias" nas eleições gerais de abril passado, vencidas pela coalizão de centro-esquerda União, e disse que com a apuração das cédulas ficará provado que o resultado até o momento "é falso".

Berlusconi, em um discurso eleitoral em Nápoles (sudoeste) visando ao pleito regional dos próximos domingo e segunda-feira, reiterou que "as anomalias são muitíssimas", e acrescentou que, através da apuração, ficará provado que "o resultado é falso".

A União, coalizão liderada pelo atual primeiro-ministro da Itália, Romano Prodi, venceu as últimas eleições gerais por apenas 24 mil votos, e, desde então, Berlusconi, à época chefe de Governo, tem denunciado a existência de fraudes.

O secretário do Democratas de Esquerda (DS, principal partido da União), Piero Fassino, considerou que Berlusconi fala assim "para mostrar coragem, como as crianças que têm medo da escuridão e levantam a voz para tentar tremer um pouco menos".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host