UOL Notícias Notícias
 

26/05/2006 - 09h25

Filipinos protestam em frente à Embaixada dos EUA

Manila, 26 mai (EFE).- Cerca de cem filipinos se manifestaram hoje em frente à Embaixada dos Estados Unidos em Manila, contra a qual lançaram tomates e onde queimaram bandeiras americanas, para protestar contra o novo acordo de defesa negociado entre os dois países.

"Não vendamos nossa soberania", dizia um dos cartazes dos manifestantes.

O anúncio de que as Filipinas alcançaram um novo pacto de defesa com os EUA, com os quais já assinaram o Tratado de Defesa Mútua (1951) e o Acordo de Forças Visitantes (1998), desatou as suspeitas da oposição e dos nacionalistas.

Mais ainda quando o próprio ministro filipino da Defesa, Avelino Cruz, indicou que se trata de um acordo executivo e que, portanto, não necessita da aprovação ou da ratificação do Legislativo.

Apesar de os detalhes do documento não terem sido divulgados, alguns analistas dizem que os EUA poderão postar mais tropas nas Filipinas, para tarefas militares, como as manobras conjuntas, assim como para missões de ajuda humanitária e programas sociais.

Os presidentes do Senado, Franklin Drilon, e da minoria na Câmara Alta, Aquilino Pimentel, exigiram esta semana do Governo que revele o conteúdo do texto.

Tanto Drilon como Pimentel fazem parte dos opositores à presidente filipina, Gloria Macapagal Arroyo.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host