UOL Notícias Notícias
 

16/06/2006 - 12h36

Retirada das tropas italianas do Iraque pode terminar neste ano

Roma, 16 jun (EFE).- O subsecretário italiano de Defesa, Lorenzo Forcieri, disse hoje que ainda estão sendo estudados os prazos técnicos concretos para retirar as tropas do Iraque, mas "se fala de três ou quatro meses" para que a saída seja completada, informou a agência "Ansa".

Forcieri fez tal consideração na capital de Malta, Valletta, onde participa da última fase de um exercício bilateral para o controle do Mediterrâneo.

O subsecretário acrescentou que a retirada é uma questão técnica.

"Os militares estão decidindo, mas se fala de três, quatro meses para a retirada completa de nossas tropas." O ministro italiano de Assuntos Exteriores, Massimo D'Alema, reiterou na semana passada, em sua visita ao Iraque, que até o fim do ano terão sido retirados os cerca de 2.600 militares postados em Nassiriya (sul).

As modalidades para garantir "um retorno coordenado e com a máxima segurança" estão sendo acordados com os "aliados", acrescentou Forcieri.

Além disso, disse que o Governo pensa "em uma colaboração civil no processo de reconstrução (do Iraque)", com o qual a Itália não quer "deixar de contribuir".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host