UOL Notícias Notícias
 

17/06/2006 - 03h35

Batalha naval no Sri Lanka deixa 24 mortos

Colombo, 17 jun (EFE).- Pelo menos 24 pessoas morreram hoje numa batalha naval entre a Marinha cingalesa e os rebeldes Tigres de Libertação da Pátria Tâmil (LTTE), no litoral noroeste do Sri Lanka, informou o Ministério da Defesa.

O confronto começou quando supostos membros do LTTE, a bordo de 11 navios, atacaram duas patrulhas navais perto da ilha de Mannar, no estreito que separa o Sri Lanka da Índia.

As Forças Navais cingalesas afirmam ter destruído oito navios do LTTE e matado 20 guerrilheiros. A própria Marinha perdeu quatro homens e três navios no combate. Outros três agentes foram feridos.

As Forças Armadas do Sri Lanka bombardearam nos dois últimos dias as posições dos LTTE no norte e leste da ilha, em represália ao atentado contra um ônibus civil, atribuído aos rebeldes, que causou a morte de 64 pessoas na quarta-feira.

Os rebeldes atacaram também um quartel da Polícia em Pesalai, em Mannar, trocando tiros com os policiais.

A Missão de Supervisão da Trégua no Sri Lanka (SLMM) condenou ontem ao ataque ao ônibus, o mais sangrento contra civis desde a assinatura do cessar-fogo, em fevereiro de 2002, e "mais um contratempo no processo de paz".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host