UOL Notícias Notícias
 

23/06/2006 - 09h23

Jornalista sueco é assassinado na capital da Somália

Mogadíscio, 23 jun (EFE).- O jornalista sueco Martin Adler foi assassinado hoje em Mogadíscio com de tiro nas costas disparado por um homem não-identificado enquanto cobria uma manifestação, presenciou um correspondente da Efe.

Adler, cinegrafista da emissora de TV sueca Canal 4, morreu em conseqüência do ferimento causado pelo tiro que recebeu enquanto filmava uma manifestação.

O protesto era promovido pela União de Tribunais Islâmicos contra as tropas estrangeiras que participam de missões de paz na Somália.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,48
    3,144
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,53
    75.604,34
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host