UOL Notícias Notícias
 

19/07/2006 - 12h07

Militantes do Greenpeace condenados por tentativa de invasão

Paris, 19 jul (EFE).- Um tribunal de Rennes (norte da França) aplicou hoje uma pena de dois meses de prisão, isenta de cumprimento, e 2 mil euros de multa a três ativistas do Greenpeace que, em maio de 2005, tentaram entrar à força em uma base militar francesa.

Em 15 de maio do ano passado os três militantes da organização ecologista, a bordo de uma lancha, entraram na zona proibida que circunda a instalação da Marinha francesa em Ile-Longue (noroeste), onde estão atracados submarinos nucleares.

Sua pretensão, segundo explicaram durante o julgamento, era denunciar a atitude das autoridades francesas em relação ao processo de desarmamento nuclear.

Na decisão judicial, o tribunal estabelece que as autoridades militares francesas restituam o Greenpeace da lancha que foi apreendida durante a tentativa de invasão.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host