UOL Notícias Notícias
 

26/07/2006 - 14h22

Annan diz que ataque contra base da ONU foi proposital

Nações Unidas, 26 jul (EFE).- O secretário-geral da ONU, Kofi Annan, reiterou hoje sua posição de que o ataque israelense contra a Força Interina das Nações Unidas no Líbano (Finul) foi deliberado, apesar de aceitar as desculpas do primeiro-ministro israelense, Ehud Olmert, que disse que foi um "erro".

A porta-voz da ONU, Marie Okabe, disse que Annan acredita que a ofensiva foi "deliberada", com base no tipo de armamento disparado e os sucessivos ataques contra a Finul. "As proximidades da base já tinham sido atacadas, apesar dos reiterados protestos e pedidos da ONU a Israel. O tipo de ataque que ocorreu implica que alguém determinou o alvo", ressaltou Okabe.

Ainda assim, a porta-voz disse que Annan não responsabiliza ninguém concretamente pela ofensiva e recebeu positivamente a decisão do Governo israelense de abrir uma investigação sobre o incidente, transmitindo a Israel o desejo da ONU de participar do processo investigativo.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,31
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,60
    62.662,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host