UOL Notícias Notícias
 

30/07/2006 - 15h09

Espanha e Itália condenam ofensiva israelense e pedem cessar-fogo

Madri, 30 jul (EFE).- O presidente do Governo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, e o primeiro-ministro da Itália, Romano Prodi, conversaram hoje por telefone e condenaram o bombardeio israelense na cidade libanesa de Qana, ressaltando a necessidade de um cessar-fogo no conflito entre Israel e o grupo xiita Hisbolá.

Fontes do Governo espanhol informaram à Efe sobre a conversa entre Zapatero e Prodi, na qual os dois líderes analisaram a atual situação no Oriente Médio. Os dois líderes, segundo as mesmas fontes, comentaram o ataque de Israel à cidade de Qana (sul do Líbano) na madrugada de hoje, que deixou 57 civis mortos.

Zapatero e Prodi condenaram o ataque e consideraram necessário um cessar-fogo imediato na zona de conflito. Os dois conversaram também sobre a possibilidade de uma força internacional ser deslocada para a região, e, a respeito, expressaram também que essa força não pode ser posicionada sem que haja uma resolução prévia do Conselho de Segurança da ONU.

José Luis Rodríguez Zapatero e Romano Prodi coincidiram também em afirmar que essa força deve ser aceita pelo Governo libanês, e, em geral, por todas as partes envolvidas no conflito.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,48
    3,144
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,53
    75.604,34
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host