UOL Notícias Notícias
 

17/08/2006 - 11h57

Parlamento palestino condena julgamento de Aziz Dueik

Ramala, 17 ago (EFE).- O Parlamento palestino condenou e qualificou de "político" o julgamento de seu presidente, Aziz Dueik, que começa hoje em Israel, onde está detido.

Além disso, o Parlamento palestino expressou sua satisfação pela condenação da detenção de Dueik pelo presidente do Parlamento Europeu, Josep Borrell, divulgada no dia 7 de agosto.

Trata-se de "um julgamento político destinado a intervir no sistema político palestino e destruí-lo", disse a presidente do Comitê Parlamentar para Assuntos de Prisioneiros, Jalida Jarar.

Dueik, dirigente do movimento islâmico Hamas (à frente do Governo palestino), foi detido em sua casa na cidade cisjordaniana de Ramala no último dia 6.

Jarar, militante da Frente Popular para a Libertação da Palestina (FPLP), afirmou que "no âmbito europeu, a reação foi boa. O presidente do Parlamento europeu exigiu a Israel a libertação imediata do presidente do Parlamento (palestino), dos deputados e dos ministros detidos".

Além disso, Jarar criticou a reação dos dirigentes dos países árabes por não terem enviado nenhuma carta de protesto.

Jarar reivindicou o princípio de imunidade parlamentar, já que a detenção e julgamento de um legislador devem ser precedidos do correspondente pedido remitido por um juiz à câmara legislativa.

O Exército israelense deteve oito ministros e 21 deputados do Hamas em 29 de junho, após a captura por militantes desse grupo do soldado israelense Gilad Shalit na fronteira com a Faixa de Gaza.

Israel deteve os dirigentes do Hamas com o argumento de que pertencem a uma organização terrorista.

Até agora não se sabe se Israel usará este argumento em um ata de acusação contra eles ou se tem provas que os impliquem de maneira direta em atos de violência contra Israel.

O primeiro-ministro da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Ismail Haniyeh, condiciona a libertação dos ministros e legisladores detidos à formação de um Governo de união nacional, que já começou a ser negociado com o presidente palestino, Mahmoud Abbas.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host