UOL Notícias Notícias
 

22/08/2006 - 07h50

Grupo iraniano seqüestra 26 trabalhadores de plataforma romena

Bucareste, 22 ago (EFE).- Um grupo de iranianos atacou hoje uma plataforma petrolífera romena no Golfo Pérsico e seqüestrou 26 trabalhadores, informou hoje seu proprietário, Radu Petrescu, à emissora romena "Realitatea TV".

Em declarações por telefone, Petrescu explicou que, por volta das 7h (hora local), duas embarcações civis iranianas se aproximaram da plataforma de prospecção Orizont, situada em águas persas do golfo, e tentaram "intimidar" os trabalhadores romenos com o intuito de que helicópteros aterrissassem na plataforma.

Posteriormente, uma embarcação militar se aproximou e fez disparos de canhões. "Quatro militares iranianos subiram a bordo da plataforma" e, armados, seqüestraram os romenos, disse Petrescu.

Pouco depois, toda a comunicação com a plataforma foi interrompida e Petrescu, que solicitou a ajuda da embaixada romena em Teerã, também não conseguiu se comunicar com outra plataforma de sua propriedade, Fortuna, também no Golfo Pérsico, disse o empresário.

A mídia romena divulgava hoje relatos confusos sobre os supostos motivos do ataque e do seqüestro.

Enquanto Petrescu afirmava que o motivo seriam os "interesses sujos" de um homem de negócios iraniano relacionado com o conflito nuclear de Teerã, outras fontes diziam que a razão seria um "litígio comercial" devido ao fato de os romenos não terem pagado taxas de prospecção às autoridades iranianas.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host