UOL Notícias Notícias
 

03/09/2006 - 08h10

Ahmadinejad diz a Annan que não renuncia a programa nuclear

Teerã, 3 set (EFE).- O presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, recebeu hoje o secretário-geral da ONU, Kofi Annan, e lhe disse que seu país não aceita a suspensão de seu o polêmico programa de enriquecimento de urânio como condição prévia a negociações nucleares.

O ministro das Relações Exteriores do Irã, Manouchehr Mottaki, concedeu uma entrevista coletiva conjunta com Kofi Annan após a reunião e explicou que Ahmadinejad deixou claro a Annan que o Teerã acredita que seu direito à energia nuclear é inegociável.

"Esclarecemos a ele que nossas atividades nucleares são pacíficas", disse Mottaki.

"A bola agora está no pé dos EUA e do Reino Unido, e vamos dar o tempo suficiente para que (ambos) se pronunciem sobre nossa resposta", disse Mottaki em referência à refutação do Irã manifestada no último dia 22 sobre o pacote de incentivos oferecido pelos cinco membros permanentes do Conselho de Segurança (França, Reino Unido, Rússia, China e Estados Unidos) e a Alemanha.

Por sua vez, Annan disse que, após ouvir seus interlocutores iranianos, está "otimista". Além disso, acrescentou que agora entende melhor a postura do Irã, a qual pretende levar ao CS.

O secretário-geral também frisou que, nestes dois dias de visita, os iranianos lhe transmitiram sua disposição permanente ao diálogo sobre seu programa nuclear.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host