UOL Notícias Notícias
 

11/09/2006 - 23h37

Bush pede união de americanos no aniversário dos atentados

Washington, 11 set (EFE).- Estas são as frases principais do discurso do presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, no quinto aniversário dos atentados de 11 de setembro de 2001.

"A guerra contra este inimigo é mais que um conflito militar. É a luta ideológica decisiva do século XXI, e a missão de nossa geração".

"Enfrentamos um inimigo decidido a levar morte e sofrimento a nossos lares".

"A guerra não terminou, e só terá terminado quando nós ou os extremistas sairmos vitoriosos".

"Osama bin Laden e outros terroristas ainda estão foragidos.

Nossa mensagem para eles é clara. Não importa quanto tempo seja necessário, vamos encontrá-los e levá-los à justiça".

"Sejam quais forem os erros cometidos no Iraque, o pior erro seria pensar que se sairmos de lá os terroristas nos deixarão em paz".

"Se cedermos a homens como Osama bin Laden, nossos inimigos se sentirão encorajados. Os EUA manterão a luta. O Iraque será um país livre, e um aliado firme na luta contra o terrorismo".

"Estamos fortalecendo o Governo de unidade do Iraque para que ele sirva a seu povo. Não sairemos até terminarmos a tarefa".

"Os terroristas continuam decididos a atacar os EUA e a matar nossos cidadãos. E nós estamos decididos a detê-los".

"Ganhar esta guerra exigirá os esforços decididos de um país unido. Devemos deixar de lado nossas diferenças e colaborar para superar a prova à qual a História nos submeteu. Derrotaremos nossos inimigos".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,13
    3,270
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,51
    63.760,94
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host