UOL Notícias Notícias
 

11/09/2006 - 10h37

Nova York lembra vítimas do World Trade Center

Nova York, 11 set (EFE).- Os nova-iorquinos homenagearam hoje as vítimas dos atentados de 11 de setembro com dois minutos de silêncio, às 8h46 (9h46 em Brasília) e às 9h03 (10h03), exatamente as horas em que cada uma das Torres Gêmeas foi atingida por um avião controlado por terroristas, há cinco anos.

A homenagem foi feita na Zona Zero, o espaço vazio que ficou após a queda das Torres Gêmeas, onde hoje foi instalado um tanque em lembrança às pessoas que morreram dentro dos edifícios.

Após o minuto de silêncio, as famílias dos mortos iniciaram a leitura dos nomes das 2.749 pessoas que morreram no pior atentado terrorista sofrido pelo país, um processo que durará várias horas.

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, acompanhado da primeira-dama, Laura Bush, participou das homenagens em Nova York e se reuniu com membros das forças de segurança e voluntários que socorreram as vítimas após o atentado.

Os participantes do ato farão mais dois minutos de silêncio, às 9h59 e às 10h29 (10h59 e 11h29, em Brasília) para lembrar os momentos em que a Torre Norte e a Torre Sul desabaram.

Com cenas de sofrimento contido, os nomes dos mortos estão sendo lidos por etapas, com música clássica ao fundo. Durante a leitura, os familiares depositam flores no lugar onde as Torres estavam. A programação oficial do ato será encerrada às 12h30 (13h30 em Brasília).

Uma segunda cerimônia começará duas horas depois, às 14h30 (15h30 em Brasília), no dique de Bayonne, no Estado de Nova Jersey, em frente à Zona Zero, situada no sul da ilha de Manhattan.

O ex-presidente Bill Clinton, sua mulher e senadora por Nova York, Hillary Rodham Clinton, e o governador de Nova Jersey, Jon S.

Corzine, além do secretário de Segurança Interior, Michael Chertoff, discursarão neste ato.

Nesta segunda cerimônia, que também contará com a presença de familiares das vítimas, será inaugurado um monumento em homenagem aos mortos nos atentados.

De 30,5 metros de altura e 175 toneladas de peso, a estátua é uma obra em bronze do escultor russo Zurab Tserteli. O monumento é um presente do presidente da Rússia, Vladimir Putin, e em sua base de rocha estão escritos os nomes das vítimas dos atentados de 2001.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host