UOL Notícias Notícias
 

23/09/2006 - 05h36

Especialistas continuam investigação do Transrapid acidentado

Berlim, 23 set (EFE).- Equipes técnicas continuam hoje os trabalhos de investigação do acidente com o trem de alta velocidade "Transrapid" que ontem, no norte da Alemanha, bateu num vagão de serviços, causando a morte de 23 pessoas.

O porta-voz da comarca de Emsland, Dieter Sturm, afirmou hoje que os 10 feridos estão fora de perigo.

Segundo Sturm, o trem permanecerá sobre o trilho, que corre sobre pilares de cinco metros de altura, até que os motivos do acidente sejam esclarecidos.

Por enquanto, tudo aponta para uma falha humana. Segundo a revista "Focus", o trem deve ter entrado em movimento antes de o vagão de serviços voltar à estação, como é obrigatório, já que o trecho é de monotrilho.

Segundo a mesma revista, entre os 10 feridos no acidente estão dois trabalhadores que estavam no vagão de serviço. Eles saltaram para fora quando viram o trem se aproximar.

O trem bateu a uma velocidade de cerca de 170 km/h, segundo as últimas informações. O trecho de 31,5 quilômetros é o único percorrido por ele. A sua velocidade máxima é de cerca de 450 km/ h.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host