UOL Notícias Notícias
 

27/09/2006 - 14h26

Forças de Segurança do Afeganistão matam 25 talibãs em confronto

Cabul, 27 set (EFE).- Pelo menos 25 talibãs foram mortos em um confronto com as forças de Segurança afegãs que aconteceu hoje na província de Helmand, no sul do país, informaram fontes da Otan.

O confronto aconteceu por volta da 1h de Brasília, nas proximidades da localidade de Garmsir, informou a Força Internacional de Assistência para a Segurança (Isaf) em um comunicado.

Um posto da Polícia afegã que fica a um quilômetro do centro do distrito de Garmsir foi atacado por um grupo de insurgentes armados que dispararam contra os agentes com armas leves.

Forças da Polícia e do Exército afegão repeliram a agressão e depois teve início um confronto quando os rebeldes fugiram para o sul, diz a nota, que acrescenta que há informações não confirmadas de duas baixas entre as Forças de Segurança afegãs, embora não tenha dito se são mortos ou feridos.

Em um incidente registrado na província de Paktika (leste), outros oito talibãs acabaram mortos ontem, informou hoje o Ministério da Defesa afegão.

Durante a mesma operação foram presos outros 16 talibãs e foram apreendidos um jipe, uma motocicleta e munição, disseram as mesmas fontes.

Em 2006 já foram registrados vários ataques no norte, no oeste e no sul do Afeganistão, episódios nos quais perderam a vida mais de cem soldados da Isaf e da coalizão dirigida pelos Estados Unidos no país, além de policiais, soldados afegãos e civis.

No total, calcula-se que cerca de 2.000 pessoas tenham sido mortas no Afeganistão desde o início de janeiro, a maior parte deles talibãs que perderam a vida em ofensivas militares realizadas, sobretudo, no sul, onde estão os principais refúgios deste grupo islâmico.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,71
    3,168
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,12
    68.634,65
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host