UOL Notícias Notícias
 

28/09/2006 - 21h58

Nove líderes das Farc estão na lista de narcotráfico americana

Washington, 28 set (EFE).- O Departamento do Tesouro dos Estados Unidos incluiu hoje em sua lista negra do narcotráfico nove líderes da guerrilha Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), que ficam sujeitos a sanções econômicas.

A lei americana impõe aos envolvidos em narcotráfico sanções como o congelamento das transações entre estes e qualquer americano, e dos fundos que estes líderes guerrilheiros possam ter nos EUA.

José Juvenal Velandia, conhecido como "Ivan Ríos"; José Lisandro Lascarro ("Pastor Alape"), Álvaro Alfonso Serpa Díaz ("Felipe Rincón"), Gener García Molina ("John 40"), Gerardo Antonio Aguilar Ramírez ("César") e Gentil Alvis Patiño ("Chiguiro") são acusados de conspiração para o narcotráfico em um tribunal federal no distrito de Columbia.

Na lista também estão Ferney Tovar Parra, quem tem acusações de narcotráfico no distrito sul da Flórida; Rodrigo Granda Escobar, que está sob custódia colombiana, e Jesús Emilio Carvajalino, membro do secretariado das Farc e "um dos terroristas mais procurados da Colômbia", segundo o Departamento do Tesouro.

As autoridades americanas buscam a extradição de Tovar Parra e Alvis Patiño, explicou o departamento.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host