UOL Notícias Notícias
 

27/10/2006 - 16h28

Convocado segundo turno de eleições presidenciais no Equador

Quito, 27 out (EFE).- O presidente do Supremo Tribunal Eleitoral (TSE) do Equador, Xavier Cazar, convocou hoje o segundo turno das eleições presidenciais do país, para o próximo dia 26 de novembro, e anunciou o início oficial da campanha eleitoral.

Cazar fez a convocação após o anúncio dos dois candidatos que obtiveram a maior quantidade de votos no primeiro turno, realizado em 15 de outubro: o milionário Álvaro Noboa, do Partido Renovador Institucional Ação Nacional (Prian), em primeiro lugar, com 1.464.251 votos (26,83%), seguido por Rafael Correa, do movimento Aliança País, com 1.246.333 votos (22,84%).

O presidente do TSE convocou os candidatos a disputarem o segundo turno, e lembrou que o limite máximo das despesas eleitorais é de US$ 687.068 para cada campanha.

A empresa Infoadex, encarregada de acompanha as despesas eleitorais em meios de comunicação, foi multada pelo atraso na entrega dos resultados impressos, mas segue trabalhando.

As informações sobre despesas de propaganda das eleições presidenciais e gerais realizadas pela Infoadex são destinadas ao controle das contas dos partidos e candidatos por parte do TSE e dos tribunais eleitorais provinciais.

O TSE já havia rescindido o contrato com a empresa brasileira E-vote, que falhou na apuração rápida dos resultados das eleições de 15 de outubro.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host