UOL Notícias Notícias
 

22/11/2006 - 19h32

Holanda: boca-de-urna aponta para vitória de democratas-cristãos

Haia, 22 nov (EFE).- As duas primeiras pesquisas de boca-de-urna sobre as eleições gerais realizadas hoje na Holanda apontam para uma vitória dos democratas-cristãos (CDA), partido do atual primeiro-ministro, Jan Peter Balkenende, e para um forte crescimento dos socialistas de esquerda do SP.

Segundo as projeções, será muito difícil formar uma coalizão de Governo.

Os dados divulgados pela rede de televisão "RTL4" diferem dos mostrados pela TV pública "NOS", uma vez que os primeiros indicam que o CDA perderá vários deputados.

Segundo a pesquisa da "RTL4", os democratas-cristãos asseguraram 38 cadeiras, contra as 43 da projeção da "NOS" e as 44 que o partido ocupa atualmente.

Ambas as emissoras confirmam uma queda do apoio aos trabalhistas do Pvda, o principal partido da oposição.

Segundo a "RTL4", o Pvda perdeu oito cadeiras, ficando com 34, ao passo que a "NOS" atribui à legendas 35 assentos.

Outra tendência das duas bocas-de-urna é o já anunciado crescimento do SP, um partido ex-maoísta que, de nove cadeiras, passará a ter 30, segundo a "RTL4", e 24, de acordo com a TV pública.

Por sua vez, os liberais de direita (VVD, no atual Governo) perderam representatividade: dos 28 legisladores, passarão a ter 20, segundo a "RTL4", e 21, segundo a "NOS".

Já o antislâmico Partido pela Liberdade (PVV), do ex-liberal Geert Wilders, conseguiu entre seis ("NOS") e oito cadeiras ("RTL4").

Quanto ao Partido para os Animais, deverá ter entre um ("RTL4") e três ("NOS") representantes.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h49

    0,38
    3,158
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h52

    -0,31
    68.379,10
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host