UOL Notícias Notícias
 

25/11/2006 - 12h12

Líder sunita pede a árabes e ONU que rompam com Governo iraquiano

Cairo, 25 nov (EFE).- O máximo dirigente sunita do Iraque, xeque Harith al-Dhari, sobre quem pesa uma ordem de busca e captura, pediu hoje aos Governos árabes e às Nações Unidas que rompam suas relações com o Governo do Iraque.

Dhari, que está foragido do Iraque desde 16 de novembro, quando o Governo ditou a ordem de detenção contra ele, fez estas declarações em entrevista coletiva no Cairo. "Se for mantida a situação atual, estaremos em meio a uma tragédia", disse Dhari.

O xeque sunita repetiu suas opiniões sobre a existência no Iraque de "uma resistência legítima junto a grupos terroristas apoiados pelos invasores e alguns países da região".

Apesar das declarações de Dhari e da crescente tensão entre sunitas e xiitas dentro do Iraque, os políticos sunitas continuam fazendo parte do Governo do xiita Nouri al-Maliki.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    12h30

    0,09
    3,268
    Outras moedas
  • Bovespa

    12h31

    -0,71
    63.630,78
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host