UOL Notícias Notícias
 

04/12/2006 - 17h15

Partidários e opositores de Pinochet se enfrentam no Chile

Santiago do Chile, 4 dez (EFE).- Grupos de partidários e opositores de Augusto Pinochet se enfrentaram hoje nos arredores do hospital militar onde o ex-ditador chileno está internado desde domingo, após sofrer um infarto de miocárdio.

O incidente ocorreu a cerca de cem metros do hospital, em frente à Catedral Castrense, onde foi rezada uma missa pela saúde de Pinochet que, segundo o último relatório médico, reagiu bem aos tratamentos, embora siga em estado grave.

Cerca de 50 integrantes das juventudes dos partidos Socialista e Comunista, que levavam cartazes e gritavam palavras de ordem contra o ex-ditador (1973-1990), o que causou a reação dos partidários de Pinochet, que responderam com insultos e atirando-lhes moedas.

Logo, os grupos entraram em conflito, trocando socos e insultos, até a intervenção da Polícia.

Entre os partidários de Pinochet estava uma mulher que havia sido detida algumas horas antes, quando agrediu um ciclista que tinha feito um gesto obsceno para os seguidores do ex-ditador, ao passar na frente do hospital.

A briga terminou sem nenhum detido.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host